X
    Dicas 22 de agosto de 2017

    Nem sempre ter somente conhecimentos sobre uma determinada região te faz ser um ótimo profissional, até porque, esta é uma das básicas funções de um guia de turismo. Nós queremos que você seja diferenciado, que invista na sua empresa (você) e para isso trouxemos alguns cursos que poderão ser encontradas em sites de buscas, livros, […]

    Educação 6 de outubro de 2017

    A era digital chegou na educação e está simplificando cada vez mais a maneira de apreender, tornando o impossível acessível. Confira as dicas de cursos sobre empreendedorismo, finanças pessoais, formalização de empresas etc.

    Escrito por Danielle Jardim
    Postado em 24 de novembro de 2017, na categoria Protagonismo

    Aposto que você já esteve nesta situação em que a vaga parecia perfeita, mas lhe exigia uma experiência que você ainda não tinha! O mercado não para de se estreitar e as algumas empresas estão cada vez menos dispostas a contratar alguém sem experiência, que lhe exijam tempos de treinamentos e adaptação.

    Quer saber como ter experiência sem ter uma experiência? Confira algumas dicas simples para tonar mais fácil o seu processo de entrada no mercado:

    1. Seja um aluno participativo na faculdade

    É legal se reunir com amigos e beber depois da aula, mas aproveite o tempo em que você ainda é graduando para participar de seminários, palestras e outros eventos acadêmicos, seja como expectador ou como staff de produção.

    Na faculdade, as oportunidades para quem não tem experiência são maiores. Obviamente, nem sempre é remunerado, mas já é algo que você pode colocar no currículo e comentar em uma entrevista.

    Fiz muito disso com as minhas amigas enquanto era estudante e alguns professores – em especial o de Eventos – sempre nos chamava para ajudar a organizar eventos. No último, fomos para Arraial do Cabo com hospedagem paga por ele.

    2. Participe de trabalhos voluntários

    Mas não seja apenas por ser ou para ter o que falar na entrevista. Escolha uma causa ou uma posição no trabalho que faça sentido pra você. Muita gente ainda diz por aí que trabalho voluntário é fazer o trabalho para os outros de graça. Do ponto de vista do pessimista sim.

    Trabalhei em alguns eventos como voluntária, o maior deles foi o da Cúpula dos Povos, na Rio+20 e o que me trouxe mais satisfação foi na CONPEHT 2012 – Confederación Panamericana de Escuelas de Hotelería, Gastronomía y Turismo.

    Neste último, fui uma das responsáveis pela hospitalidade da Delegação Colombiana. Eram cerca de 15 colombianos, também estudantes de turismo ou hotelaria, sob a responsabilidade da equipe que eu estava integrada. Além de eu praticar o espanhol, tive a noção do que é responsabilidade e hospitalidade durante uma semana.

    3. Compartilhe o que você aprendeu e vivenciou

    Quase tudo é compartilhável hoje e qualquer experiência, mesmo que mínima, deve ser compartilhada. Não só para inspirar, motivar, mas para mostrar quem é você do ponto de vista das empresas.

    Você deve usar e abusar das possibilidades de compartilhamento para mostrar que você domina determinado assunto, ainda mais se ele for relacionado a vaga que tanto deseja!

    Por isso, compartilhe…

    4. No LinkedIn

    É possível escrever artigos quando quiser na rede social. O LinkedIn não é só sinônimo de credibilidade, mas de geração de conteúdo profissional para profissionais. Aproveite as ferramentas e funcionalidades da rede para contar um pouco do que vem fazendo e aprendendo.

    5. Como Redator de Ideias

    Aqui na Vivenciando Turismo, nós temos um espaço pra você que quer contar um pouco da sua história, experiência, ideia etc. Aproveita esta oportunidade também para expor seu trabalho e seus conhecimentos no site.

    Ter publicações em sites de turismo ou especializado no assunto é também um ponto positivo no currículo. Ainda mais se for no nosso 😉

    Saiba mais sobre os Redatores de Ideias e como enviar a sua!

    6. Blog Pessoal

    Se você gosta de ter um cantinho só seu e tem facilidade para lidar com ferramentas de blogging, então faça já o seu blog e escreva conteúdos que tem a ver com você e sua carreira! Pra você que tem dificuldade de mexer com este tipo de programação, o WordPress, Wix e Blogger são plataformas bem intuitivas e fáceis de manusear. Não perca tempo e insira a sua url no currículo!

    7. E seja um Heavy User dos conteúdos gratuitos

    Não abra mão do conteúdo gratuito e de qualidade que existe hoje na internet. Não tem desculpa, você pode encontras estes conteúdos em vídeos, parcelados em até 12 vezes, e-books, infográficos, sebos virtuais, etc.

    Esses conteúdos podem te ensinar tanto como se estivesse em sala de aula e podem ser boas referências para o que você compartilha no blog e no LinkedIn.

    Com a chegada da internet, a maneira de nos comunicar ficou ainda mais fácil e acessível. Aproveite ao máximo das vantagens que existem hoje no universo online para estar sempre aprimorando técnicas e conteúdos que aprendeu em aula.

    E vai por mim, você vai se arrepender de não ter aproveitado ao máximo a faculdade depois que se formar. Portanto, aproveite também tudo que ela pode te oferecer.

    Compartilhe nas redes sociais para que outras pessoas possam ter acesso as nossas dicas 😉

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.



    *

    Receba toda semana nossas dicas,
    entrevistas e ideias pra você inserir no turismo e na sua carreira.

  • Tá Tendo Evento

    A gente te conta quais os eventos estão acontecendo por aí pra você se programar com calma.
  • Inseri uma Ideia

    Fique de olho nas empresas fundadas e gerenciadas por turismólogxs. A próxima pode ser a sua!
  • Protagonismo

    Nossas dicas de currículo, entrevista e branding pessoal pra você.
  • |