X
    Escrito por Danielle Jardim
    Postado em 17 de Maio de 2018, na categoria Mercado de Trabalho

    Me formei, e agora? Essa é uma das principais perguntas de muito turismólogo recém formado por aí.

    Afinal, mesmo que alguns já saiam da faculdade com a carteira assinada, ainda continuam passando por obstáculos, dúvidas sobre que carreira e área seguir e como se manter empregável.

    Pós ou Especialização? Com foco no turismo ou outra área?

    Tudo parece muito natural, não é? Nós saímos do ensino médio já com a cabeça na faculdade, pensando no que vamos ser e o que iremos estudar. Na graduação acontece o
    mesmo, saímos da colação já pensamos se faremos uma pós, um MBA ou uma especialização.

    É importante que você não mergulhe de cabeça em nenhuma decisão para que não se arrependa futuramente. Seja uma pós, uma especialização em turismo ou em outra área, faça o que estiver de acordo com os seus objetivos profissionais e a sua carreira.

    Não permita acomodar-se em um emprego que não te faça feliz

    Tem gente que só entra no mercado quando chega a matéria relacionada ao estágio em turismo, que é obrigatória na maioria das faculdades e depois volta para a área que não tem nada a ver com turismo.

    Tem turismólogo recém formado que ingressou em qualquer estágio ou emprego em turismo para estar ativo no mercado.

    Em ambos os casos o cenário mais comum é o da acomodação em uma área que não tem nada a ver com os seus objetivos. Você acha que vai ficar ali apenas por um tempo, que depois vai procurar algo que te faça feliz e quando vai ver já está há cinco anos em um emprego que não queria estar.

    Evite que seus conhecimentos se estagnem

    Por fim, um outro grande desafio é não deixar que seus conhecimentos se tornam obsoletos e se estagnem em uma área só. Quando a gente finalmente ingressa no mercado de trabalho naturalmente achamos que não precisamos mais estudar, estar atentos as notícias e adquirir novas habilidades.

    No turismo nada é pra sempre, assim como em outras áreas. Por isso gosto muito de usar a palavra “reinventar” quando o assunto é relacionado a nossa área. O turismo passa por constantes mudanças diariamente e se reinventa com tudo isso.

    É importante que você tenha em mente que você como turismólogo recém formado ou com anos de experiência, precisa estar em constante mudança e adaptação, mas para isso você precisa estar sempre adquirindo conhecimento e novas habilidades.

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.



    *

    1. Willian em 13 de junho de 2018

      Parabéns Danille, não só por este texto mas também pela iniciativa deste site. Também sou turismólogo e quando saimos da faculdade percebemos que existe um longo caminho pela frente e que este é apenas o primeiro passo na construção de uma carreira no Turismo. Iniciativas como a sua ajudam os novos profissionais a encurtarem a curva de aprendizado. Parabéns novamente pela proatividade, você poderia bem estar “curtindo” sua zona de conforto, mas decidiu por conta própria ir àlem e ajudar as pessoas.

      • Danielle Jardim em 13 de junho de 2018

        Obrigada William!
        Sim, pois senti o que muitos estão sentindo na graduação e até pensam em desistir da profissão, mas quero mostrar que assim como em outras profissões, a graduação é só o início de uma carreira! Vi que também tem um site com foco na aviação e está usando estratégias de Inbound. Adorei! Que venham mais turismólogos engajados.

    Receba toda semana nossas dicas,
    entrevistas e ideias pra você inserir no turismo e na sua carreira.

  • Tá Tendo Evento

    A gente te conta quais os eventos estão acontecendo por aí pra você se programar com calma.
  • Inseri uma Ideia

    Fique de olho nas empresas fundadas e gerenciadas por turismólogxs. A próxima pode ser a sua!
  • Protagonismo

    Nossas dicas de currículo, entrevista e branding pessoal pra você.
  • |