X
    Escrito por Danielle Jardim
    Postado em 15 de Março de 2017, na categoria Estágio em turismo

    Chega um momento de nossas vidas que não dá mais. A gente acha que já fez de tudo e que estamos perdidos, na área errada, estudando sobre o conteúdo errado.

    Eu também já me senti perdida. Nunca achei que entrei no curso errado, mas com a crise do mercado, quando saí do meu emprego no hostel e fiquei seis meses desempregada, logo pensei: o problema sou eu.

    E não estava errada, mas o problema não era eu e sim, a maneira como eu estava encarando a minha própria situação.
    Sabemos que quando somos rejeitados em um processo seletivo, ninguém nos avisa o porquê de não termos sido escolhidos. No máximo nos avisam que não nos encaixamos no perfil da empresa e pronto. E geralmente continuamos errando, a não ser que paremos para refletir e entender de onde está vindo o “erro” ou alguém nos aponte quais são.

    Então, antes que você desiste de você, aqui vão algumas dicas:

    Não leve este momento como algo negativo

    Não foi sempre assim, mas de uns tempos pra cá eu passei a encarar algumas perdas e ganhos como algo natural. Nossa tendência é sempre pensar o pior e nos lamentar, mas gosto de pensar que se não fossem todos as vezes em que meu currículo foi recusado, eu não estaria ganhando o suficiente para poder fazer minha pós graduação e dar vida ao projeto que comecei na faculdade.

    Eu talvez não estaria aqui sentada, de frente para o notebook escrevendo sobre o que mais gosto de fazer: compartilhar conhecimento e experiência em forma de conteúdo online.

    Pare, respire e reflita. Dê um tempo!

    Se você já enviou mais de dez currículos por dia, semana ou no mês, respire um pouco. Não se desespere a ponto de perder o foco e acabar enviando currículos para empresas e área que não tem nada a ver com você e seu objetivo, correndo o risco de se acomodar em um trabalho que não deseja. Você precisa de dinheiro, pagar as contas, pagar o intercâmbio, mas você também precisa estar feliz.

    O salário é mais prazeroso quando é vindo de algo que você tem orgulho de fazer diariamente, mesmo sendo em uma escala de 6×1. O tempo irá ser bom pra você avaliar os pontos necessários e se posicionar no mercado.

    Realize uma autoavaliação de cada etapa

    Tente verificar em que momento falhou: no envio do currículo, na entrevista, se deixou de dizer ou disse demais no documento, no email, na carta de apresentação. Se colocou o que realmente importava para a vaga necessária…

    Muitas das vezes preenchemos nosso currículo de experiências, mas que para determinadas áreas, algumas destas experiências não são tão relevantes. Mostre o currículo ou cartão de apresentação para professores, colegas que estão no mercado. Faça perguntas!

    Quando enviei meu currículo para o hotel não coloquei meu primeiro estágio no documento, isso porque eu achava que não era relevante para a vaga em que estava concorrendo. E da mesma maneira fiz na entrevista, falei das experiências que foram importantes para o que sou hoje como profissional e essenciais para desenvolver o trabalho que faço hoje na Governança.

    A sua apresentação pessoal foi como deveria? Será que não errou no sapato, na bolsa, no penteado, em alguma palavra que disse?

    A gerente de RH do hotel em que trabalho nos disse uma vez, durante o treinamento motivacional, que ela já sabe quando a pessoa entra na sala para fazer a entrevista, se a pessoa é o perfil certo para a empresa ou não, as vezes pela roupa, pela maneira como ela entra, a forma como ela reage a determinada situação, etc.

    Seja você!

    Não tente agir na próxima entrevista como aquela(e) candidata(o) que era “melhor que você”. Seja você mesmo e um dia irá encontrar uma empresa com os mesmos valores que o seu.

    Enquanto eu escrevia esta parte do post, entrou uma faixa do novo CD de Frank Ocean no Spotify, chamada ‘Be Yourself’ e queria que você a usasse como um mantra, quando estiver a caminho da sua próxima entrevista de emprego ou redigindo o seu currículo.

    Você não precisa ser ninguém mais além de você mesmo para conquistar um lugar no mercado:

    “Não tente ser outra pessoa, seja você mesmo e saiba que isso é bom o suficiente. Não tente ser outra pessoa, não tente ser como outra pessoa, não tente agir como alguém. Seja você mesmo, seja seguro com você mesmo, confie em suas próprias decisões, em suas próprias crenças.”

    Mostre as empresas que te rejeitaram o que elas perderam

    Sim, conforme a música, tente outra vez! Mas não com a mesma empresa é claro. Faça tudo novamente, melhore os pontos que achar necessário, deixe de lado o que você disse na entrevista passada, mas não era pra ser dito. Pense no que você poderia ter dito, mas não disse.

    Isso sempre vai acontecer, principalmente por conta do nervosismo. Quando saímos de uma entrevista ou finalmente terminamos de apresentar o trabalho para turma, ficamos pensando no caminho de volta pra casa o que ficou faltando dizer ou o que deveríamos ter falado sobre determinado assunto de uma outra maneira.

    Então, determine o que deve ser realmente dito na próxima entrevista e o que não deve ser dito. Faça tudo novamente, faça melhor. Seja a sua melhor versão. Você é uma marca e deve mostrar as empresas que você vale muito!

    Deixe uma resposta

    Seu email não será publicado.



    *

    1. Luana em 8 de junho de 2018

      Tô amando as dicas sou graduada e ainda não consegui emprego na área, mas sempre estou em busca de conhecimento e onde eu moro não é uma cidade turística aí complica mais, então não penso em desistir uma hora acho meu rumo. Obg por esses links

      • Danielle Jardim em 13 de junho de 2018

        Oi Luana, tudo bom?

        Muito obrigada! Isso mesmo, não desista e nem permite se acomodar. Continue acompanhando nossas dicas e se tiver alguma dúvida, sugestão ou desabafo a fazer, mande uma mensagem: contato@vivenciandoturismo.com

    Receba toda semana nossas dicas,
    entrevistas e ideias pra você inserir no turismo e na sua carreira.

  • Tá Tendo Evento

    A gente te conta quais os eventos estão acontecendo por aí pra você se programar com calma.
  • Inseri uma Ideia

    Fique de olho nas empresas fundadas e gerenciadas por turismólogxs. A próxima pode ser a sua!
  • Protagonismo

    Nossas dicas de currículo, entrevista e branding pessoal pra você.
  • |