Por que preciso de mais que uma graduação em turismo?
Graduação em Turismo novembro 16, 2017 Por que preciso de mais que uma graduação em turismo?
Escrito por Danielle Jardim

Você está cansado de ouvir sobre as mudanças constantes que cercam o mundo, certo? Mesmo assim você ainda não acredita que só a graduação em turismo hoje não é suficiente para sobreviver no mercado.

Qual a primeira grande mudança que lhe vem em mente que ocorreu no turismo nos últimos tempos? Não precisa ir muito longe, desde o seu primeiro período, por exemplo. Pois é, chegou a Airbnb, os aplicativos de transporte particular e de caronas, os guias turísticos em versão mobile cada vez mais personalizados. As maneiras de se hospedar, fazer check in, comer e viajar cada vez mais diferentes e diria até mesmo que disruptivas.

Ainda não entendeu? Vamos juntos nessa!

A transformação digital chegou para ficar

Realidade Virtual (VR) e Aumentada (AR), check in pelo aplicativo ou apenas com uma foto tirada na hora do celular…Eu poderia passar o dia escrevendo o quanto que o turismo mudou e se renovou tecnologicamente.

A tecnologia vem aproximando cada vez mais os clientes das empresas. É importante saber como usá-la, se é viável para sua empresa e até mesmo se está de acordo com o serviço que oferece e com o público que você atende. E isso requer um estudo além da graduação em turismo. As empresas já estão aderindo ao novo e você não pode ficar para trás, seja você um empresário, dono de um pequeno negócio ou colaborador de uma empresa. As habilidades para mexer com softwares, ter noções básicas em determinados equipamentos está se tornando cada vez mais imprescindível.

Com isso os serviços estão cada vez mais compartilháveis

É quase impossível não abrir seu feed mo Facebook e não ver uma publicação relacionada com alguma empresa. Ou, um foto no Instagram com uma empresa sendo marcada e elogiada. As pessoas estão cada vez mais querendo vestir a marca, e compartilhar, denunciar, filmar e agradecer quando for necessário e conveniente.

Um despreparo no atendimento pode lhe render um feedback negativo no Trip Advisor, no Reclame Aqui e mais de mil compartilhamentos no Facebook ou LinkedIn. Você precisa se preparar para os novos tipos de clientes.

E os clientes se mostram mais exigentes e atentos

Ainda mais se eles acabaram de ter uma ótima experiência com a concorrência. Se o seu produto não for tão bom quanto o oferecido na Uber, por exemplo, então ele não é suficiente e será mais complicado de atender as suas expectativas. Então, o esforço em saber como se comporta a mente do consumidor e o que leva a sua decisão de compra é cada vez mais necessário.

As empresas então vão em busca de um profissional “completão”, para que ela não precise perder tempo (dinheiro) tendo ainda que treinar ou capacitar um novo colaborador.

E é por isso que você deve ser reinventar

Não adianta estar na mesma função, cargo ou empresa há anos e achar que tudo vai ficar bem. Tem função se tornando obsoleta e cargos não fazendo mais sentido. Algumas empresas optam até mesmo pela contratação de freelancers ou que você trabalhe de casa.

Leia também: Dicas de cursos para quem quer trabalhar com atendimento

Para se manter empregável você precisa abrir a mente e encarar a realidade. Faça um levantamento do que mudou na sua área/cargo nos últimos anos. Quais são as novas exigências, os novos perfis sendo procurados. Renove-se e recicle não só a sua função, mas a sua carreira.

Todo ano tem gente se formando e todo ano tem gente ingressando em uma nova graduação. E será que há espaço para essa gente toda no mercado? Você pode pensar que não, mas acontece que muitos optam por seguir no mar vermelho e acabam possuindo habilidades semelhantes ao ex colega de turma e a impressão que dá é de que não cabe mais ninguém!

Com isso, a sua única solução é se diferenciar dos demais e se diferenciar, neste caso, passa a ser sinônimo de se qualificar. Seja como uma pós, um curso nada a ver com turismo, uma viagem, a compra de um livro etc. O importante é que o método que escolheu deve levar você a ser lembrado e selecionado.

,
Deixe seu e-mail para receber em primeiro mão os conteúdos que chegam e para ficar por dentro das novidades que estão por vir!
Escrito por Danielle Jardim

Turismóloga, Pós-graduada em Gestão Empresarial e Marketing e uma das idealizadoras da marca. Na Vivenciando Turismo, conto histórias de gente que faz a diferença, de quem insere ideias por aí e ama estudar sobre a viagem. Dou dicas e compartilho experiências também no Linkedin e empreendo com a Alma Turismóloga.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


Nenhum comentário

Mostrar comentários
Últimas histórias
Loading
Redatores de Ideias

Com efeito catástrofe, a pandemia COVID-19 abalou diversos setores da economia mundial e o turismo faz parte deste efeito dominó. […]

Loading
Redatores de Ideias

Não há dúvidas que após uma paralisação forçada, o setor turístico e hoteleiro são os mais afetados e prejudicados pela […]

Loading alma turismóloga
Dicas

A Alma Turismóloga não é apenas uma loja virtual, ela nasceu para transformar a maneira como você encara a sua carreira no turismo.

Loading turismo pós codiv-19
Dicas

Confira dicas e insights para o setor quando o turismo pós codiv-19 chegar, tanto para quem atua no mercado quanto pra quem quer ingressar.

Loading
Redatores de Ideias

Autoestima é uma das palavras que mais vem sendo usada nos últimos tempos, estamos em um momento de entender e […]

Loading negócio em turismo
Dicas

Quer ter um negócio em turismo? Confira dicas e vantagens de iniciar sua jornada empreendedora no universo online com turismo!

Loading
Protagonismo

Tá pensando em enviar currículos? Não mande sem antes preencher corretamente o seu objetivo profissional.

Loading
Motivação

O turismo está precisando de mais fazedores, acreditadores, sonhadores com capacidade para realizar coisas incríveis para o turismo e para nossa profissão.